VENDA DE APOSTILAS E PROJETOS

Como complemento ao meu trabalho neste blog, elaborei para venda diversas apostilas de atividades de alfabetização e projetos pedagógicos de variados temas indicados para professores que atuam em Educação Infantil, Ensino Fundamental e Alfabetização de Jovens e Adultos (EJA).

Tenho também CDs de áudio para Educação Infantil e Fundamental I, cartazes em EVA e livros infantis.

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR MEU SITE E FAZER SEU PEDIDO

Os interessados poderão também entrar em contato por email ou pelos telefones abaixo:

glaucerossi@terra.com.br

glaucerossi@gmail.com

glauce.rossi@hotmail.com

glaucerossi@bol.com.br

(11) 97574-9228 - Vivo

(11) 95248-7897 - Tim

Glauce ou Hugo no horário de atendimento das 9:00 às 20:00 de segunda à sexta-feira.

WhatsApp

(11) 95248-7897

Loja virtual

CADASTRO DE CONTATO

FACEBOOK

sábado, 28 de fevereiro de 2015

Dúvidas: Alfabetização


Dúvidas:
Como alfabetizar?
Qual é o melhor método?
Será que vai dar certo o que estou trabalhando?
Por onde começar?

Se você está se sentindo insegura(o) com o seu trabalho em alfabetizar, saiba que você não é única(o).
Eu também já passei por isso e só com o tempo e a prática é que escolhemos e encontramos o melhor caminho a percorrer.
Por isso procure conhecer as concepções de alfabetização, veja quais são as vantagens e desvantagens de cada uma.
A escolha do método depende muito do Projeto Pedagógico de sua escola e dos pressupostos educacionais de seu município ou estado.


A concepção de alfabetização atualmente mais difundida é a de alfabetizar letrando.
Alfabetizar letrando significa orientar o/a alfabetizando/a para que ele/a aprenda a ler e a escrever na perspectiva da convivência com práticas reais de leitura e de escrita. Isto implica em substituir as tradicionais e artificiais cartilhas por livros, por revistas, por jornais, enfim, pelo material de leitura que circula na escola e na sociedade, criando situações que tornem necessárias e significativas práticas de produção de textos.

Por onde começar?
Primeiro você precisa fazer o diagnóstico, ou seja a sondagem com um rol de palavras e verificar em qual fase de aquisição da escrita seus alunos se encontram.

No 1º ano pode-se iniciar o trabalho através de palavras significativas, como por exemplo: os nomes dos alunos.

Você pode agrupar os alunos (em duplas) com níveis próximos, exemplos: pré-silábico com silábicos, silábicos com silábicos alfabéticos, silábicos alfabéticos com alfabéticos e outros. O que não pode é agrupar alunos com níveis bem distintos, por exemplo, pré-silabico com alfabético.

Para as 1º e 2º anos, tendo como objetivo a alcançar que todos os alunos passem para a fase alfabética, utilize textos conhecidos como listas, rótulos, parlendas, músicas, cantigas, trava-línguas, adivinhas, histórias em quadrinhos, receitas, poemas e outros.



2 comentários:

  1. Grata,pelas orientações.

    ResponderExcluir
  2. Olá! Adorei o seu blog e todas as novidades nele contidas, eu também tenho um me visite e quem sabe me siga, beijos. Fica com Deus. Lúcia.

    ResponderExcluir

Olá , deixe aqui o seu comentário. Gostaria muito de saber a sua opinião sobre o blog. Obrigada.

Seguidores