VENDA DE APOSTILAS E PROJETOS

Como complemento ao meu trabalho neste blog, elaborei para venda diversas apostilas de atividades de alfabetização e projetos pedagógicos de variados temas indicados para professores que atuam em Educação Infantil, Ensino Fundamental e Alfabetização de Jovens e Adultos (EJA).

Tenho também CDs de áudio para Educação Infantil e Fundamental I, cartazes em EVA e livros infantis.

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR MEU SITE E FAZER SEU PEDIDO

Os interessados poderão também entrar em contato por email ou pelos telefones abaixo:

glaucerossi@terra.com.br

glaucerossi@gmail.com

glauce.rossi@hotmail.com

(11) 97574-9228 - Vivo

(11) 95248-7897 - Tim

Glauce ou Hugo no horário de atendimento das 9:00 às 20:00 de segunda à sexta-feira.


Loja virtual

CADASTRO DE CONTATO

FACEBOOK

domingo, 29 de março de 2015

Incentivo a leitura

Precisamos incentivar a leitura de nossos alunos!

Uma das maneiras de incentivar o gosto pela leitura dos alunos é o projeto que incluem as sacolinhas para as crianças  levarem um livro para casa.

Temos o Projeto "Amigo livro" e as sacolinhas.



O Projeto por e-mail é R$12,00 e por envio do CD é R$15,00. O preço de cada sacolinha é R$ 4,00 + o frete a calcular. Aceitamos encomendas acima de 5 sacolas.

Se quiserem incluir um livrinho de Contos de Fadas em cada sacolinha o valor fica em R$ 5,00 + o frete.




Para adquirir, entre em contato por e-mail:


sexta-feira, 27 de março de 2015

Como trabalhar para que o aluno avance para o nível alfabético?

A hipótese alfabética parece ser um fim de um longo trabalho, mas é o começo de mais uma longa fase.




Características:
1. Escreve compondo sílabas foneticamente corretas;
2. Desconsideram a segmentação entre palavras;
3. Hipercorreção: exagera no uso de acentos e pontuação.

Intervenções:
1. Consultar dicionário;
2. Revisão de textos;
3. Quadro de regularidades;
4. Forca;
5.Segmentar pequenos textos (parlendas, quadrinhas etc).
6.Pintar lacuna entre palavras em pequenos textos (segmentação).

quinta-feira, 26 de março de 2015

Como trabalhar com a hipótese silábico-alfabética?







Hipótese silábico-alfabética

Características:
1. Fase de transição - silábico e o alfabético.
2. Ora compõe sílabas, ora não compõe na mesma palavra.
3. Faz maior uso de consoante.
4. Acredita que algumas consoantes se bastam para a composição da sílaba. Ex: B = BE.

Intervenções:
1. Cruzadinhas;
2. Forca;
3. Texto lacunado;
4. Pedir para a criança ler o que escreveu;
5. Ler para a criança o que ela escreveu do modo que ela escreveu.


Até a próxima fase, a hipótese alfabética.




quarta-feira, 25 de março de 2015

Como trabalhar com a hipótese de escrita silábica?



Hipótese silábica





Características:

1. Percebe a relação entre a oralidade e a escrita.

2. Usa uma letra para cada som.

3. Pode ou não fazer uso de valor sonoro

4. Determina mínimo de letras.

Intervenções:

Trabalhar com nomes dos alunos.

Textos de memória (parlenda, cantigas, listas etc).

Cruzadinhas e textos lacunados para perceber o número de letras das palavras.

Atividades para contar as letras e as sílabas das palavras.

Atividade para alterar vogais e manter as consoantes. Ex: BOLA- BOLO -BELA



Aguarde a fase de escrita silábico-alfabética.
Até a próxima!

terça-feira, 24 de março de 2015

Como trabalhar com a hipótese da escrita pré-silábica?








Hoje vou publicar as características de uma das hipóteses de escrita e quais intervenções do professor.

HIPÓTESE PRÉ-SILÁBICA

Características:
1. Utilizam números, letras e psedo-letras.
2. O critério de qualidade é forte.
3. Não compreendem que a escrita é a representação da fala.
4. Realismo nominal (quanto maior o objeto representado, maior o número de caracteres) Ex: A formiga é pequena por isso escrevem com menos letras, enquanto que o boi é grande então eles escrevem com mais letras.

Intervenções:
1.Trabalhar com o o nome próprio e dos outros 
2. Leitura de textos que saibam de memória pelo professor e pelo aluno (parlendas, cantigas, trava-línguas etc) 
3. Oferecer lista de palavras com lacunas/ figuras
4. Cruzadinhas com banco de palavras e/ou com imagens 





Na próxima, estarei publicando sobre a hipótese silábica.

Aguarde.

domingo, 22 de março de 2015

Brincadeiras de Páscoa

Aqui estão algumas brincadeiras com o tema da Páscoa:

Coelhinho na toca 
Preparação: Os alunos devem se organizar em trios. Dois alunos formam um círculo (a toca), dando as mãos, e o terceiro faz o papel de coelhinho dentro da toca. Os demais alunos ficam no centro. Desenrolar: A um sinal do professor cada coelhinho muda de toca enquanto os outros tentam ocupar um dos lugares vagos. Os que ficarem sem toca vão para o centro e o jogo continua.

A careta da cenoura 
Preparação: Cada elemento recebe uma rodela de cenoura, que deverá colocá-la no olho, estando com a cabeça inclinada para trás. 
Desenrolar: Ao sinal de início do jogo, cada jogador, sem usar as mãos, tentará levar a rodela de cenoura até a boca, fazendo movimentos com os olhos, boca e nariz. Cada elemento que conseguir comer a cenoura marcará um ponto.

Onde está o coelhinho
Preparação: Este jogo é ideal para o início do dia. Coloca-se um coelhinho de pelúcia bem pequeno em um lugar discreto, mas visível. 
Desenrolar: A medida que as crianças vão chegando no ambiente pede-se individualmente que procurem o coelhinho. Cada uma deverá sair na busca, mas quando achar o coelhinho não deverá dar mostras disso, deverá discretamente sair e contar para o animador do jogo que o encontrou. Procede-se desta forma até que todos tenham encontrado o coelhinho.

Hop, hop, coelhinho 
Preparação: As crianças ficam em círculo e um dos jogadores é escolhido para iniciar o jogo. Desenrolar: O jogador escolhido andará em volta do círculo batendo nas costa de cada um dos seus componentes dizendo a cada batida a palavra "hop". Irá prosseguindo assim até que escolherá um jogador e quando bater nas suas costas ele dirá a palavra "coelhinho". Neste momento ele sai correndo e o jogador escolhido sai correndo atrás dele. O primeiro jogador estará a salvo se conseguir alcançar o lugar ocupado pelo seu perseguidor antes que este bata nas suas costas dizendo a palavra "hop". Se isto acontecer o perseguidor começará novamente o jogo girando em torno do círculo e batendo nas costas de cada elemento dizendo a palavra "hop". Caso o perseguidor consiga "pegar" o outro ele voltará ao seu lugar e a criança "pega" repetirá novamente as ações para nova rodada do jogo..

Corrida "de nariz" 
Preparação: Divide-se o grupo em times que contenham quatro a cinco crianças cada um. Colocam-se as crianças de cada time em fileira atrás de uma linha de partida. Na frente de cada time deverá haver um ovinho de chocolate para cada criança e distante cerca de 4m um círculo de giz de cerca de 50 cm de diâmetro. 
Desenrolar: Iniciando o jogo o primeiro aluno de cada fileira sai e deverá mover um dos ovinhos até o interior do círculo tocando-o com o nariz. Vence a equipe que terminar primeiro com todos os seus ovinhos no interior do círculo.

Caça ao tesouro 
Para encerrar a semana de páscoa pode-se fazer a brincadeira "caça ao tesouro", na qual a turma procura os ovinhos por meio de pistas colocadas pela professora. As pistas que auxiliaram os alunos no decorrer da brincadeira colaboram para desenvolver a localização espacial e o vocabulário. É uma atividade prazerosa e divertida onde não falta o entusiasmo em buscar as dicas deixadas pelo coelhinho, que anunciou onde estavam os deliciosos ovos de páscoa que escondera. Depois do corre-corre, todos são presenteados com os chocolates.

É importante lembrar que brincar faz parte do desenvolvimento da criança e que as brincadeiras oferecem diversão e entretenimento, além de ajudar no aprendizado.

sábado, 21 de março de 2015

Dobradura do Coelhinho da Páscoa


















Simples e fácil de fazer:

1- Corte o papel formando um quadrado e dobre na diagonal.
2 - Dobre uma ponta superior para a frente, até uni-la à ponta inferior.
3 - Dobre a outra ponta para a frente, também.
4- Dobre uma ponta inferior para cima, formando uma orelhinha.
5- Dobre a outra ponta para a cima, formando outra orelhinha.
6- Na ponta do queixo, dobre para trás.
7- Desenhe o nariz e os olhos. Está pronto!

terça-feira, 17 de março de 2015

Páscoa - Caça ao tesouro


Caça ao tesouro 

Para a semana de páscoa que tal fazer a brincadeira "caça ao tesouro", na qual a turma procura os ovinhos por meio de pistas colocadas pela professora. As pistas que auxiliaram os alunos no decorrer da brincadeira colaboram para desenvolver a localização espacial e o vocabulário. É uma atividade prazerosa e divertida onde não falta o entusiasmo em buscar as dicas deixadas pelo coelhinho, que anunciou onde estavam os deliciosos ovos de páscoa que escondera. Depois do corre-corre, todos são presenteados com os chocolates.

Procedimentos:


Faça as cinco pistas do tesouro, dando dicas de onde estão. Coloque-as nos lugares das respostas e só a primeira pista estará com a professora. Explique a brincadeira e diga que o coelho esteve aqui e deixou dicas para eles  procurarem os ovinhos.

Na última pista coloque os ovinhos.

As pistas deixadas pelo coelhinho:

Primeira pista: Onde moram as plantinhas e as flores na escola...
R:  jardim da escola

Segunda pista:  Onde nós nos alimentamos...
R: refeitório  

Terceira pista: Onde se faz a comida na escola...
R: cozinha

Quarta pista: Onde ficam os nossos amigos livros...
R: biblioteca ou sala de leitura

Última pista: Onde fazemos educação física ou onde tem muitos brinquedos...
R: Quadra ou parque

sexta-feira, 13 de março de 2015

Páscoa - Receita de docinho


RECEITA

DOCINHO DE CHOCOLATE
INGREDIENTES:
2 LATAS DE LEITE CONDENSADO
1 LATA DE LEITE EM PÓ
1 LATA DE CHOCOLATE EM PÓ
UMA XÍCARA DE CHÁ DE AÇÚCAR

MODO DE PREPARO: COLOQUE EM UMA TIGELA TODOS OS INGREDIENTES E MISTURE BEM A MASSA. AMASSE TUDO, ENROLE O DOCINHO, PASSE NO AÇÚCAR E COLOQUE NUMA BANDEJA. PRONTO, AGORA VOCÊ JÁ PODE SABOREAR ESSE DELICIOSO DOCINHO!


COMO TRABALHAR COM A RECEITA:
Converse com seus alunos se eles já viram alguém da família cozinhar ou se eles ajudam em casa a fazer comida. Pergunte se alguém da família usa receitas para cozinhar.

Diga a eles que vamos fazer uma receita na escola. Distribua a receita para as crianças para que elas possam ler e procurar saber qual receita vamos fazer. Se eles ainda não sabem ler, leia para as crianças com a receita escrita na lousa ou em um cartaz com letra em bastão. Os alunos vão acompanhando a leitura da receita.

Organizar a sala de aula com tudo o que vão utilizar, inclusive nesse momento reforce os conceitos de higiene.

Você pode começar a receita com as crianças observando e lendo ou dizendo os ingredientes e o modo de preparo, mas é importante a participação de cada criança enrolando o seu docinho. 


Depois todos vão saborear o doce.

Essa receita é fácil e fica uma delícia! As crianças vão adorar e aprender muito.

Seguidores