VENDA DE APOSTILAS E PROJETOS

Como complemento ao meu trabalho neste blog, elaborei para venda diversas apostilas de atividades de alfabetização e projetos pedagógicos de variados temas indicados para professores que atuam em Educação Infantil, Ensino Fundamental e Alfabetização de Jovens e Adultos (EJA).

Tenho também CDs de áudio para Educação Infantil e Fundamental I, cartazes em EVA e livros infantis.

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR MEU SITE E FAZER SEU PEDIDO

Os interessados poderão também entrar em contato por email ou pelos telefones abaixo:

glaucerossi@terra.com.br

glaucerossi@gmail.com

glauce.rossi@hotmail.com

glaucerossi@bol.com.br

(11) 97574-9228 - Vivo

(11) 95248-7897 - Tim

Glauce ou Hugo no horário de atendimento das 9:00 às 20:00 de segunda à sexta-feira.

WhatsApp

(11) 95248-7897

Loja virtual

CADASTRO DE CONTATO

FACEBOOK

segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Feliz 2013!!!


domingo, 30 de setembro de 2012

Projeto Semana das Crianças











O Projeto Semana da criança foi desenvolvido para atender aos pedidos de professores que desejam trabalhar atividades diversificadas nesta semana.

Elaborei o Projeto contendo 60 atividades, que são:

- O próprio Projeto com todas as partes: justificativa, objetivos, desenvolvimento, conteúdos, avaliação e a capa;
-Sugestões de brincadeiras;
-Atividades de passatempos;
-Desenhos para colorir;
-Atividades sobre os direitos das crianças;
-Lembrancinha para os alunos.
-Músicas.


Semana das crianças


Para homenagear os pequenos, trago sugestões de um cronograma de atividades para que essa semana seja cheinha de novidades e muita diversão.

Cronograma:


Segunda-feira: Oficina de artes
Pintura, trabalho com sucata, dobradura, teatrinho.

Terça-feira: Cinema na escola
Vídeo escolhido pelas crianças, com direito a pipoca e refrigerante.

Quarta-feira: Brincadeiras antigas
Amarelinha, roda, corda, bambolê, bolinha de gude etc.

Quinta-feira: Gincana
Brincadeiras como corrida do saco, dança das cadeiras, estourar bexigas etc.

Brindes para as crianças.

Sexta-feira: Festa
Festa das crianças com doces e salgados trazidos pelas crianças, danças de músicas preferidas e no final entrega das lembrancinhas.

sábado, 22 de setembro de 2012

Semana das crianças


Na semana da criança pode-se planejar algumas festas divertidas com os alunos. Aqui estão algumas sugestões:

FESTA DO ALFABETO: Cada participante deve vir fantasiado com algum personagem ou coisa que comece com aquela letra.

FESTA DO SERTANEJO: Bota, chapéu.. camisa e calça jeans .. Só vai rolar Zezé de Camargo... Milionário e José Rico.. etc...

FESTA DO CHAPÉU MALUCO: boné, chapéu de pena, plástico, palha, lã.. Vale a criatividade para participar de um concurso. (ex: o mais bonito, o mais engraçado, etc...)

FESTA DO ÓCULOS MALUCO: cada um vem a festa com um óculos maluco. Vale criação. E no final fazer um concurso.

FESTA DO PIJAMA: Os convidados vão vestido de pijamas para concurso e desfile.

FESTA DO CIRCO: A criança escolhe ser aquele que sempre desejou no Circo. Cada convidado pode preparar seu próprio número individual ou de grupo.

FESTA DO CHEGUEI: É a festa onde todos devem usar roupas com cores bastante chamativas, tipo rosa-choque, laranja, verde -cana ou até mesmo criar algo 'cheguei'.

FESTA DA FANTASIA: Os alunos deverão usar fantasias, vale a criatividade podendo criar a fantasia sem gastar muito.

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Trabalhando com Eleição 2012


Trabalhar o tema eleições proporciona aos alunos oportunidades para que eles possam pensar, questionar, criticar, dar opiniões do que seria preciso mudar para que possamos viver num país e num estado melhor. 
É interessante esse trabalho desde o ensino fundamental I e muito importante no ensino de educação de jovens e adultos. 
Atividades como pesquisas, discussão, debates e promover na escola  uma eleição entre os alunos levam o aluno a  compreender características fundamentais das eleições, construindo a noção de identidade nacional.

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Músicas dos personagens do folclore


SACI-PERERÊ

Saci pererê
Sasaci Sasaci Pererê
Saci, Saci Pererê
Pula, brinca e joga
Que eu quero ver
Dona Cuca vai querer fazer
Uma aposta com você
E essa aposta
Você vai ter que ganhar

Não pode perder não pode perder

Sasaci Sasaci Pererê
Saci, Saci Pererê
Pula, brinca e joga
Que eu quero ver

Pererê, Pererê
Dona Cuca vai querer
Que você aposte
O seu cachimbo e seu chapéu mágico
Contra uma torta de giló, melancia e alho
Cuidado Saci, cuidado com a toca
Treine bem e não se compromete
Pois esta aposta consiste
Em que você andePelo sítio de patinete
Saci Pererê, Saci Pererê.




LINDA SEREIA

Era uma vez uma linda sereia
que morava no fundo do mar
a Linda Sereia era feliz
E adorava dançar

Ela morava com os golfinhos
com as baleias
e com os peixinhos
cantarolava todos os dias
uma melodia sem parar

Lá lá lá lá lá lá lá
lá lá lá lá
ela cantava sim
lá lá lá lá lá lá lá
lá lá lá lá
a sereia não parava de cantar

Lá lá lá lá lá lá lá
lá lá lá lá
ela cantava sim
lá lá lá lá lá lá lá
lá lá lá lá
a sereia não parava de cantar.

*As músicas fazem parte do CD Músicas do Folclore.

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

FOLCLORE


Como agosto é o mês do Folclore, aproveite para trabalhar com seus alunos as lendas e os mitos da cultura popular brasileira, festas populares, festividades e comemorações, jogos e brincadeiras etc. O objetivo é resgatar nossa cultura, valores e raízes.
Hoje deixo aqui um poema que pode ser trabalhado em qualquer ano do ensino fundamental I para introduzir o significado do folclore.
Leia o texto com seus alunos, procure saber se eles conhecem as palavras do texto, deixe que façam ilustrações e sugira pesquisas das lendas, de comidas típicas, de brincadeiras ou do que eles acham mais interessante estudar.

O que é folclore?
Você sabe o que é o folclore?
Vou lhe dar a explicação...
É tudo aquilo que vem do povo
E nasce livre do coração.

Tem a lenda da mãe d'água
Tem a história do saci
Do curupira, boitatá
Do caipora e jurupari.

Tem cantigas de criança
Tem modinha, tem lundu
Tem muito frevo, baião e samba
Cateretê e maracatu.

Os ditados populares
Mostram o que o povo sente
Quem não tem cão, caça com gato
Olho por olho, dente por dente

Minha terra tem de tudo...
Tem angu, tem mungunzá
Tem carne seca, tem rapadura
Tem caruru e tem vatapá.

segunda-feira, 30 de julho de 2012

Dia dos Pais

Para trabalhar com os alunos o tema dos pais, utilize o livro:



















História emocionante de um pequeno garoto-lebre que se esforça para mostrar o tamanho de uma coisa que não se pode medir: o amor pelo pai. Autor: Sam Mcbratney, Editora: Martins Fontes

sábado, 28 de julho de 2012

Dia dos Pais


Texto para trabalhar sobre o tema PAI:

TUDO PASSA
Pedro Bandeira



Meu pai é um cara engraçado
diz que me põe de castigo
se eu não fizer lição.
Só que quando eu não faço
ele vem com decisão
e com ar sério que ele tem
e diz: “desta vez passa,
mas da próxima vez, hein...”

Se eu levo um tombo e choro,
ele me pega no colo,
me embola e fica dizendo:
chore não ... isso passa...

Quando eu vou dormir
e tenho medo do escuro
ele me conta uma história
diz pra eu fechar os olhos
que o medo passa.

Ai, eu gosto tanto dele!
E isso não passa.



ATIVIDADES

1. VAMOS FAZER UMA ENTREVISTA COM ALGUÉM MUITO IMPORTANTE?
SABE QUEM É? SE VOCÊ DISSE O PAPAI, ACERTOU.

· Quantos anos você tem ?

· O que mais gosta de fazer ?

· Qual é seu esporte preferido ?

· De que cor você mais gosta ?

· Para qual time de futebol você torce ?

· Qual é sua comida predileta ?

· Qual é seu maior sonho ?

2. AGORA OLHE BEM PARA O SEU PAI E DESENHE-O.

3. COM A ENTREVISTA CONTE PARA OS AMIGOS O QUE VOCÊ DESCOBRIU DE SEU PAI.

sábado, 21 de julho de 2012

Planos de aula diversos

PLANO DE AULA   -   CIÊNCIAS  

TEMA: “ANIMAIS DOMÉSTICOS E SELVAGENS”

OBJETIVOS:

  Listar os vários tipos de animais domésticos e selvagens
  Distinguir os animais selvagens de domésticos
  Identificar  a “função” do animal na natureza

 RECURSOS

  Cartaz com animais 
  Álbum de figurinhas

DESENVOLVIMENTO E PROCEDIMENTOS:

1º Momento: Com ajuda do cartaz com desenhos de animais explorar junto as crianças o conhecimento sobre os animais.

2º Momento:  classificar os animais  usando os atributos: selvagem e doméstico

3º Momento:  fazer uma lista dos nomes de animais selvagens e domésticos

4º Momento: montagem de  álbum de figurinhas com animais domésticos e selvagens

 AVALIAÇÃO

ü  Avaliar durante as atividades: estimulando, orientando e desafiando os alunos.



PLANO DE AULA - HISTÓRIA E GEOGRAFIA        

TEMA: “A BANDEIRA COMO SÍMBOLO NACIONAL”

OBJETIVOS:
·         Valorizar a bandeira como símbolo nacional
·         Conhecer as cores da bandeira nacional e seus significados

RECURSOS

  Bandeira do Brasil
  Quebra-cabeça da bandeira do Brasil

DESENVOLVIMENTO E PROCEDIMENTOS:

Mobilização: feita pela professora  levantando a conhecimento prévio dos alunos

1º Momento:  conversa sobre a bandeira como símbolo nacional, também sobre suas formas e cores (significados)

2º Momento:   cada criança recebe um quebra-cabeça da bandeira a fim de colorir e recortar as partes montando no caderno

 3º Momento  Na aula do dia 19 (DIA DA BANDEIRA) vamos confeccionar um mural com as bandeiras.

 AVALIAÇÃO

  Avaliar durante as atividades: estimulando, orientando e desafiando os alunos.


quinta-feira, 19 de julho de 2012

PLANOS DE AULA

Atendendo a pedidos, vou postar  alguns Planos de Aula como exemplos. Não se esqueça de que todo Plano de Aula tem que ter: objetivos, conteúdos, procedimentos e avaliação.

PLANO DE AULA
MATEMÁTICA: JOGO TANGRAM

OBJETIVOS:
· Trabalhar o raciocínio espacial, a análise e síntese.
· Familiarizar o aluno com as figuras básicas da Geometria.
· Mostrar que a Matemática pode ser divertida.

CONTEÚDO:
. Figuras geométricas.

MATERIAL:
- Um tangram para cada criança, que pode ser reproduzido em cartolinas coloridas.
- giz de cera, canetinhas, cola, papel sulfite

PROCEDIMENTOS:
- Dividir a sala em grupos de 4 a 6 alunos;
- Distribuir um tangram para cada aluno;
- Conversar sobre a origem do tangram e como se joga.
- Os alunos vão construir figuras usando todas as peças do tangram.
- Distribuir exemplos de figuras formadas para tentar reproduzir
- Depois de montada a figura a criança deve colar na folha de sulfite e desenhar montando um cenário.
- Construir um mural com todas as figuras formadas para socialização no grupo.

AVALIAÇÃO:
Registro contínuo das observações dos alunos na execução da atividade, a participação e o interesse.


PLANO DE AULA
PORTUGUÊS: JOGO - DESCUBRA SEU NOME

OBJETIVOS:
Identificar seu nome e/ou de seus colegas
Ampliar o repertório de palavras estáveis (nomes).

CONTEÚDO:
- Nomes próprios

DESENVOLVIMENTO:
Os alunos são divididos em dois grupos. É apresentado a um aluno de um grupo as tiras de nomes e o aluno deverá reconhecer o seu nome e mostrar aos outros colegas.
Se acertar marcará um ponto para sua equipe.
Vence a equipe que marcar mais pontos.
Depois do jogo as fichas com os nomes ficarão expostas no cartaz de chamadinha.
Variação:
O aluno deverá identificar em um dos cartões o nome de um colega.

MATERIAL:
Fichas de cartolina azul (meninos) e rosa (meninas) com os nomes dos alunos.

AVALIAÇÃO:
Registro contínuo das observações dos alunos na execução da atividade.

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Dinâmica com os pais dos alunos


Colcha de Retalhos

Para fazer uma colcha de retalhos, precisamos juntar vários pedacinhos, cada pedacinho possui uma cor, uma largura, uma altura, uma forma, um estilo...

Se usarmos a criatividade juntos, as diferentes formas se misturam e resplandece a beleza, a beleza das diferenças.

Entre um conjunto de cores cada pedacinho depende do outro para chegar ao objetivo de construir uma bela colcha de retalho.

Assim são as crianças, cada uma possui uma característica, uma habilidade, um toque, uma prática...

Assim como a colcha de retalhos precisa de vários pedaços para ser construída, nós também precisamos uns dos outros (profissionais, pais, amigos, família, etc) para atingirmos nossos objetivos e contemplarmos a beleza dos resultados.

Pode-se fazer uma dinâmica de integração com os pais
construindo juntos uma colcha de retalhos de panos diferentes.

A professora Ester da Silva Nascimento da escola E.M. Prof. Maria de Lourdes G. de Oliveira escreveu contando a sua experiência com esta dinâmica:

_ EU FIZ UMA HÁ POUCOS ANOS ATRÁS, COM RETALHOS BRANCOS EM FORMATO DE QUADRADOS E CADA UM DESENHAVA COM CANETA PARA TECIDO MESMO, ALGO QUE DESEJASSE; O IMPRESSIONANTE É QUE A MAIORIA FORAM GRAVURAS SOBRE A INFÂNCIA E MUITAS MÃES FICAVAM EMOCIONADAS AO COMENTAR...NÃO APENAS DESENHAVAM COMO ESCREVIAM ALGUMA COISA TAMBÉM! ANTES DA DINÂMICA, EU LI PARA ELAS O LIVRO "A COLCHA DE RETALHOS", É MUITO BONITO!!!

sexta-feira, 13 de julho de 2012

Volta às aulas

Vamos receber as crianças em um ambiente alegre e descontraído?

Cartazes e murais com mensagens de boas-vindas são ótimos recursos para as crianças se sentirem acolhidas.

Também pode-se dar lembrancinhas, ou até mesmo pirulitos e bombons.

Para a primeira semana de volta das férias muitas atividades podem ser desenvolvidas como:
- dinâmicas,
- jogos,
- brincadeiras,
- levantamento de expectativas da turma para o 2º semestre,
- reforço dos combinados e regras da turma,
- revisão do conteúdo trabalhado no 1º semestre,
- e outros.

quinta-feira, 12 de julho de 2012

Volta às aulas!

Mais um período de férias está acabando e daqui algumas semanas ou dias, começa mais uma vez o período de aulas nas escolas.

Com o fim das férias chegando, os preparativos para a volta às aulas se intensifica.
Como sugestões, indico livros bem interessantes que poderão auxiliar nesta tarefa de reinício às aulas.

Camila e a volta às aulas
Autor: Nancy Delvaux
Editora Laurosse Júnior













Eu sou muito pequena para a escola
Lauren Child
Editora Ática













Panda vai à escola
Autor: Fred Ehrlich
Editora Panda Books

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Trabalhando com músicas juninas



O folclore brasileiro está estampado de muitas cantigas juninas. O jeito de nossa gente, as tradições de nosso povo, a mistura de crenças e hábitos.

As canções mais tradicionais poderão ser exploradas em atividades de alfabetização.

Sugestões:
* Canções com lacunas para a criança completar.
* Colocar os versos na ordem da canção.
* Acompanhar com o dedo a canção, mesmo sem saber ler.
* Recriar os textos, criando novas versões das tradicionais cantigas.
* Cantigas famosas poderão ser transformadas em livros com ilustrações.
* O vocabulário típico poderá ser explorado, ampliando o repertório do aluno.
* Um interessante trabalho com rimas poderá ser desenvolvido.


Exemplo de atividade:

Os versos da música estão fora de ordem. Descubra a ordem certa e arrume-os abaixo:

NÃO CAI NÃO
AQUI NA MINHA MÃO
CAI, CAI BALÃO
CAI, CAI BALÃO
CAI NA RUA DO SABÃO.
NÃO CAI NÃO
NÃO CAI NÃO

quinta-feira, 17 de maio de 2012

INDISCIPLINA NA ESCOLA


Tenho recebido muitos pedidos de ajuda na indisciplina dos alunos. Aqui vão mais algumas sugestões de trabalho.
Quando a turma é muito indisciplinada, fico um bom tempo, principalmente no início da aula conversando com eles. Sempre descubro nessas conversas a vida deles em casa. Geralmente são crianças com problemas na família, então é que percebo o quanto eles precisam de ajuda.
Mas nós, professores, não podemos fazer nada para ajudar em relação aos problemas familiares, o que podemos é tentar ajudá-los na escola.
Vejo que essas crianças chegam à escola sem auto-estima, muito menos entendem por que estão na escola.
Procuro mostrar aos alunos a importância do estudo, contando minha história de vida, dando um exemplo bem ali diante deles.
Gosto de trabalhar com um texto: ESTUDAR É VENCER. Utilizo-o a partir do 2º ano para reflexões sobre seus desejos para o futuro e a necessidade do estudo para a escolha de uma profissão e de uma vida melhor. Veja o texto abaixo:


ESTUDAR É VENCER

Você já buscou dentro de si mesmo um motivo para estar aqui na escola?
Pense um pouco.
Todos querem crescer e vencer na vida.
Só que crescer e vencer não é fácil. Exige de nós sacrifícios e muita boa vontade.
Deus nos dotou da inteligência. Só que temos que saber usá-la.
Se tivermos saúde, melhor ainda. Vamos preservá-la.
Que Deus ajude a quem não tem a mesma oportunidade de estar procurando lutar e vencer.
Você acha que vai vencer na vida? Como?
Jesus disse: “Ajuda-te a ti mesmo que eu te ajudarei”.
E você? Como pretende ser para ajudar a si mesmo?
Uma pessoa que não lê e não estuda, não pode fazer seu país crescer e melhorar.
Depende de nós tudo o que fazemos.
Estudar sem vontade não ajuda ninguém a vencer.
Você só colherá bons frutos se souber plantar.
Você só vencerá na vida se souber estudar.
Seja feliz!

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Alfabetização e construtivismo


Atendendo a pedidos, hoje vou escrever sobre o alfabetização e construtivismo.

Para Emilia Ferreiro, o ato de ensinar desloca-se para o ato de aprender por meio da construção de um conhecimento que é realizado pelo educando, que passa a ser visto como um agente e não como um ser passivo que recebe e absorve o que lhe é "ensinado". 
Na perspectiva dos trabalhos desenvolvidos por Ferreira, os conceitos de prontidão, imaturidade, habilidades motoras e perceptuais, deixam de ter sentido isoladamente como costumam ser trabalhados pelos professores. Estimular aspectos motores, cognitivos e afetivos são importantes, mas, vinculados ao contexto da realidade sociocultural dos alunos. 
Para a educadora, é necessário para o processo de aquisição da escrita que o professor compreenda os diferentes níveis em que os alunos se encontram e vão se desenvolvendo durante o processo de alfabetização. Ferreiro coloca que para a alfabetização ter sentido, ser um processo interativo, é preciso trabalhar com o contexto da criança, com histórias e com intervenções, desde que essas palavras ou histórias façam algum sentido para elas.
Não é porque o aluno participa de forma direta da construção do seu conhecimento que o professor não precisa ensiná-lo. Ou seja, cabe ao professor organizar atividades que favoreçam a reflexão da criança sobre a escrita, porque é pensando que ela aprende.
Definitivamente, não existe o "método Emília Ferreiro", com passos predeterminados, como muitos ainda possam pensar. Os professores têm à disposição uma metodologia de ensino da língua escrita coerente com as mudanças apontadas pela psicolinguista, produzida por educadores de vários países.O fato de a criança aprender a ler e escrever lendo e escrevendo, mesmo sem saber fazer isso, é um desses princípios. 
Nas escolas construtivistas, os alunos se alfabetizam participando de práticas sociais de leitura e de escrita. 
É oportuno lembrar que o construtivismo não é um método de ensino. Construtivismo se refere ao processo de aprendizagem, que coloca o sujeito da aprendizagem como alguém que conhece e que o conhecimento é algo que se constrói pela ação deste sujeito. Nesse processo de aprendizagem o ambiente também exerce seu papel, pois, o sujeito que conhece faz parte de um determinado ambiente cultural. 

domingo, 6 de maio de 2012

Músicas para mamãe










Música para a mamãe

Pra mamãe, pra mamãe com alegria
Ofereço, ofereço o coração
Dentro dele , dentro dele cada dia
cresce mais, cresce mais minha afeição.

Ele bate , ele bate todo dia
Tica-tac, tic-tac sem parar
Diz com essa e diz com essa melodia
Que pra sempre, que pra sempre hei de te amar!

(melodia Nesta Rua)

Tenho o CD de músicas para a mamãe com 12 faixas:
Índice:
1. Mãezinha Querida
2. Prá Mamãe o Meu Coração
3. Dia das Mães
4. Presente de Amor
5. Mamãe é uma Rosa
6. Mamãe me faz um Cafuné
7. Mamãe (Acordei Pensando em Você)
8. Mamãe no Coração
9.  Parabéns à Mamãe
10. Na Barriga da Mamãe
11. Como é Grande o Meu Amor Por Você
12. Querida Mamãe
13. Eu Sei que Vou Te Amar
14. Ainda Bem que do Meu Lado Tem Você

Se quiser adquirir, o preço é R$14,00 com frete, entre no site:



sábado, 5 de maio de 2012

Lembrancinha para as mães







OLÁ...


Esta dica de presente para o dia das mães é uma graça!
Muito prático e simples de fazer.

Caixinha para bombom
Material:
-EVA
-Cola
-Tesoura
-Molde
-Tinta relevo gliter

Como fazer:
1- Risque o molde sobre o EVA e corte-o.
2 -Passe cola nas pontas em uma das abas.
3- Junte as abas.
4- Encaixe o corte que forma o coração.
5- Decore com a tinta relevo.

O molde é este:


Clique na imagem para ampliar.

sexta-feira, 4 de maio de 2012

ATIVIDADE PARA O DIA DAS MÃES




















ATIVIDADE I
LEITURA E ILUSTRAÇÃO DO POEMA: 
MÃE (Mário Quintana)

Mãe... São três letras apenas
As desse nome bendito:
Também o Céu tem três letras...
E nelas cabe o infinito.
Para louvar nossa mãe,
Todo o bem que se disse
   Nunca há de ser tão grande
   Como o bem que ela nos quer...
   Palavra tão pequenina,
   Bem sabem os lábios meus
   Que és do tamanho do Céu
   E apenas menor que Deus!
   Palavra tão pequenina,
   Bem sabem os lábios meus
   Que és do tamanho do Céu
   E apenas menor que Deus!

ATIVIDADE II:

DESCRIÇÃO: MINHA MÃE



MINHA MÃE SE CHAMA_________________________.

ELA TEM ____ ANOS.
SEUS CABELOS SÃO _______________________E SEUS OLHOS SÃO____________________.
ELA GOSTA DE _______________________________________.
MAMÃE FICA FELIZ QUANDO_____________________________.
EU_____________ MINHA MÃE.



ATIVIDADE III
DESENHO DA MAMÃE
Recorte corações de papel sulfite rosa e dê para cada aluno desenhar ele com a mãe dele.
Depois é só fazer um lindo mural. Fica uma graça e as mães adoram!

quarta-feira, 18 de abril de 2012

18 de abril - Dia do livro infantil

Comemora-se nesse dia, para homenagear Monteiro Lobato, um grande escritor que escreveu várias obras infantis e juvenis, dentre elas O Sítio do Pica-Pau Amarelo de grande sucesso.
A leitura do professor para os alunos, que deve ser uma atividade de todos os dias, e o contato com os livros pelas crianças possibilitam uma viagem ao o mundo letrado, repleto de histórias e fantasia, imaginação.

Aproveito para sugerir o trabalho com o PROJETO AMIGO LIVRO que contém 50 atividades, onde cada uma está relacionada a um livro infantil  para a leitura em sala de aula, a fim de  incentivar o gosto pelos livros.O Projeto contém ainda capa, justificativa, objetivos, desenvolvimento, culminância e avaliação.

"Um país se faz com homens e livros" - Monteiro Lobato

terça-feira, 17 de abril de 2012

Para os pais incentivarem seus filhos a ler
















O gosto pela leitura nem sempre surge «do nada». Para que possa ajudar o seu filho a gostar de ler e a fazê-lo sem dificuldade, deixo aqui alguns conselhos práticos.

1. Fazer uma pausa na atividade cotidiana
Reserve um intervalo de tempo durante o qual sabe que não vai/vão ser perturbado/s. Quinze minutos é um intervalo de tempo suficiente.

2. Tornar a leitura agradável
Faça da leitura uma experiência agradável. Sente-se ao lado da criança. Não a pressione se ela mostrar alguma resistência e, se ela não estiver realmente interessada, opte por outra atividade ou deixe-a livre para fazer o que pretende na altura.

3. Não fazer interrupções bruscas
Se a criança ler mal uma palavra, não a interrompa de imediato. Esse intervalo dar-lhe-á a hipótese de se corrigir. Se não resultar, dê-lhe exemplos de outras palavras "difíceis" com um som semelhante para que não fique presa àquela palavra em particular e tente resolver o problema por si.

4. Ter uma atitude positiva
Evite expressões como "Não!" ou "Está mal!". Utilize expressões como "Agora vamos ler juntos..." e aponte para as palavras à medida que, lentamente, as lê. Aumente a autoestima da criança elogiando todos os progressos, até os aparentemente mais insignificantes.

5. Combater a ansiedade
Se os pais demonstrarem uma grande ansiedade, podem levar a criança a sentir que "é tudo muito difícil". Escolha livros com textos adequados aos gostos e capacidades da criança. Debater-se com um livro cheio de palavras "difíceis" pode dar origem a uma "fobia" da leitura, uma vez que a falta de fluência na mesma faz com que a criança não perceba o que lê e não retire prazer dessa atividade.

6. Ir à biblioteca
Habitue a criança a visitar e a requisitar livros nas bibliotecas públicas, escolares ou outras.

7. Fazer da leitura uma prática regular
Tente criar a rotina de ler com a criança todos os dias ou, pelo menos, nos dias de escola. Não esqueça que os professores têm pouco tempo para se dedicar individualmente a cada criança.

8. Manter contato regular com a escola e com o professor
Fale com o professor e mantenha-se informado sobre os progressos da criança. Se ela souber do seu interesse sentir-se-á mais motivada.

9. Falar sobre os livros
Antes de iniciar a leitura (ou no final), fale sobre o livro que a criança vai ler. Fale das imagens e até do tipo de letra. Se o livro já for conhecido pode falar sobre a parte favorita da criança. Esta é também uma forma de ficar a saber se a criança percebeu o que leu.

10. Promover a variedade
Escolha livros de gêneros diferentes para as sessões de leitura. Varie com gibis, livros de poemas, revistas etc. Deixe a criança escolher também.


Temos à venda kit de livrinhos infantis, entre no meu site:

quinta-feira, 12 de abril de 2012

PROMOÇÃO: LIVROS INFANTIS












Os livrinhos despertam a curiosidade das crianças por serem contos de fadas, fábulas e sobre animais que são temas que as crianças adoram. Tenha sempre em um cantinho ou em uma caixa para que os alunos possam entrar em contato com o maravilhoso mundo das letras. Ideal para crianças que estão sendo alfabetizadas ou alunos com dificuldades na leitura.

Kit de livros Infantis por apenas R$16,00 com frete.

Clássicos de Ouro (10)
Fábulas inesquecíveis (10)
Folclore em contos e cantos (10)

domingo, 4 de março de 2012

Como trabalhar o alfabeto

ALFABETO
Conhecer os nomes das letras é fundamental para os alunos que estão se alfabetizando, pois em alguns casos eles fornecem pistas sobre um dos sons que elas podem representar na escrita. Além disso, os alunos têm de conhecer a forma gráfica das letras e a ordem alfabética.
Essa aprendizagem, porém, pode ocorrer de forma lúdica e divertida por meio de jogos, parlendas e adivinhas.

Você pode:
-Achar as letras do alfabeto junto com os alunos, transformando esse momento de organização do espaço da sala de aula também em um momento de aprendizagem.
-Fazer uma ficha com o alfabeto completo em letra bastão para que os alunos a colem em seu caderno.
-Fazer um marcador de livro ou ficha avulsa com o alfabeto completo para que possam consultá-lo sempre que precisar.
-Organizar atividades de completar as letras do alfabeto, utilizando suportes variados: o alfabeto achado na sala de aula, cobrindo algumas das letras com um pedaço de papel e/ou uma tabela com a seqüência do alfabeto incompleta (produzida no computador ou mimeografada).
-Propor que os alunos analisem quais são as letras que compõem seu nome, os nomes dos colegas e o do professor. A atividade poderá, inicialmente, ser feita de forma coletiva, e, depois, com os alunos reunidos em duplas ou em grupos. Comece escrevendo seu nome na lousa e, junto com a turma, analise quais as letras que o compõem. Mostre quais são essas letras, destacando aquelas que aparecem mais de uma vez. Depois, em duplas, os alunos deverão analisar quais letras fazem parte do próprio nome, utilizando como suporte o crachá.
-Ensinar os alunos a “cantarolar” o alfabeto, de modo que memorizem a seqüência das letras, ainda que não conheçam sua forma gráfica. Esse procedimento vai ajudá-los a reconhecer os nomes das letras, facilitando a aprendizagem.
-Cantar músicas que envolvem o alfabeto também é uma ótima estratégia.

As atividades com o alfabeto devem acontecer apenas enquanto houver alunos que não sabem os nomes das letras. Depois disso, elas perdem a função.

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Incentivando a leitura

Professor, aqui estão algumas atitudes simples para aproximar alunos e livros:

* Tenha na sala de aula um cantinho da leitura ou uma "caixa mágica" com jornais, revistas e gibis, para que na hora da leitura livre os alunos entrem em contato com diversos tipos de textos.
* Monte um local agradável na classe, com tapetes e almofadas, para os alunos ficarem confortáveis.
* Faça leitura coletiva de livros.
* Crie o "dia do livro". Leve uma caixa com várias obras para que os alunos escolham uma e contem a história para os colegas após a leitura.
* Utilize jornais diários. Citar as notícias é um recurso interessante para familiarizar o aluno com a leitura.
* Realize um teatrinho com as histórias dos livros lidos pelos alunos.
* Seja um bom exemplo: leia e consuma livros, mostre aos alunos as obras novas que adquiriu.
* Procure trocar idéias e informações sobre as obras lidas. Isso aguça a curiosidade do aluno.
* Realize um sarau de poemas. A linguagem poética diverte, incita e desperta a imaginação.
* Reserve todos os dias 10 minutos para contar o capítulo de algum livro.
* Crie o diário da leitura, um caderno onde os pais irão anotar junto com os filhos como é o momento da leitura em casa, apontando quais histórias gostaram ou não. Isso também ajuda a ver se a família está participando.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Como trabalhar com as fases de aquisição da escrita


Com sondagem das fases de aquisição da escrita dos seus alunos, você pode desenvolver uma série de atividades que auxiliam no confronto e avanços das hipóteses de escrita dos alunos.

Aqui estão algumas sugestões:

ESCRITA PRE-SILÁBICA
• Iniciar pelos nomes dos alfabetizandos escritos em crachás, listados no quadro e/ou em cartazes.
• Trabalhar com textos conhecidos de memória, para ajudar na conservação da escrita.
• Identificar o próprio nome e depois o de cada colega, percebendo que nomes maiores podem pertencer às crianças menores e vice-versa;
• Organizar os nomes em ordem alfabética, ou em “galerias” ilustradas com retratos ou desenhos;
• Criar jogos com os nomes: “lá vai a barquinha”, dominó, memória, boliche, bingo;
• Fazer contagem das letras e confronto dos nomes;
• Confeccionar gráficos de colunas com os nomes seriados em ordem de tamanho (número de letras).Fazer estas mesmas atividades utilizando palavras do universo dos alfabetizandos: rótulos de produtos conhecidos ou recortes de revistas (propagandas, títulos,palavras conhecidas).
• Classificar os nomes pelo som ou letra inicial, pelo número de letras, registrando-as;

ESCRITA SILÁBICA
• Fazer listas e ditados variados (dos alfabetizandos ausentes e/ou presentes, de livros de histórias, de ingredientes para uma receita, nomes de animais, questões para um projeto).
• Trabalhar com textos conhecidos de memória, para ajudar na conservação da escrita
• Ditado de palavras do texto. 
• Análise oral e escrita do número de sílaba, sílaba inicial e final das palavras do texto.
• Lista de palavras com a mesma silaba final ou inicial;
• Escrever palavras dado a letra inicial;
• Ligar desenho a primeira letra da palavra;
• Usar jogos e brincadeiras (forca, cruzadinhas, caça-palavras);
• Organizar supermercados e feiras; fazer “dicionário” ilustrado com as palavras aprendidas,diário da turma, relatórios de atividades ou projetos com ilustrações e legendas;
• Propor atividades em dupla (um dita e outro escreve), para reescrita de notícias, histórias,pesquisas, canções, parlendas e trava-línguas.
• Produção de textos, ditados, listas.

ESCRITA SILÁBICA-ALFABÉTICA
• Ordenar frases do texto;
• Completar frases, palavras, sílabas e letras das palavras dotexto;
• Dividir palavras em sílabas;
• Formar palavras a partir de sílabas;
• Ligar palavras ao número de sílabas;
• Produção de textos, ditados, listas.

ESCRITA ALFABÉTICA
• Investir em conversas e debates diários.
• Possibilitar o uso de estratégias de leitura, além da decodificação
• Considerar o “erro” como construtivo e parte do processo de aprendizagem
• Produção coletiva de diversos tipos de textos.
• Análise lingüística das palavras
• Reescrita de texto(individual / coletiva)
• Revisão de texto.
• Atividades de escrita: complete, forca, enigma, stop, cruzadinha, lacunado, caça-palavra.
• Copiar palavras inteiras;
• Contar número de letra ou palavra de uma frase;
• Pintar intervalos entre as palavras;
• Completar letras que faltam de uma palavra;
• Ligar palavras ao número de letras e a letra inicial;
• Circular ou marcar letra inicial ou final;
• Circular ou marcar letras iguais ao seu nome ou palavra-chave.
• Produção de textos, ditados, listas.

Seguidores