VENDA DE APOSTILAS E PROJETOS

Como complemento ao meu trabalho neste blog, elaborei para venda diversas apostilas de atividades de alfabetização e projetos pedagógicos de variados temas indicados para professores que atuam em Educação Infantil, Ensino Fundamental e Alfabetização de Jovens e Adultos (EJA).

Tenho também CDs de áudio para Educação Infantil e Fundamental I, cartazes em EVA e livros infantis.

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR MEU SITE E FAZER SEU PEDIDO

Os interessados poderão também entrar em contato por email ou pelos telefones abaixo:

glaucerossi@terra.com.br

glaucerossi@gmail.com

glauce.rossi@hotmail.com

glaucerossi@bol.com.br

(11) 97574-9228 - Vivo

(11) 95248-7897 - Tim

Glauce ou Hugo no horário de atendimento das 9:00 às 20:00 de segunda à sexta-feira.

WhatsApp

(11) 95248-7897

Loja virtual

CADASTRO DE CONTATO

FACEBOOK

sexta-feira, 6 de maio de 2016

Como trabalhar com a resolução de problemas no ensino fundamental

Olá!!!!





O fundamento mais importante da matemática é a resolução de problemas.
As crianças estão acostumadas no cotidiano social a resolver problemas. Não importa se acertam ou erram, quantas vezes tentem até chegar ao resultado esperado, mas as diversas buscas de solução auxiliam o sujeito no processo de raciocínio do objeto a ser conhecido.

Na escola, as crianças são treinadas a dar uma resposta pronta, que acreditam que a professora espera e não uma resposta adequada ao problema.
É importante que o professor dialogue com os seus alunos e conheça o que o seu aluno cria nas proposições matemáticas ofertadas.
Um aspecto fundamental na atividade com resolução de problemas em sala de aula é que, os professores observem e considerem os modos próprios de resolução e de aprendizagem de cada criança.

 Exemplos de 3 modos diferentes de resolução de problemas pelos alunos:: 


 Os três alunos desenvolveram estratégias diferentes, evidenciando movimentos cognitivos diferentes. É importante salientar que são os alunos que devem identificar quais são os dados e qual a pergunta do problema. O potencial da atividade está, exatamente, em que os alunos compreendam a situação-problema e elaborem a estratégia de resolução.
A socialização das estratégias desenvolvidas pelos alunos é um recurso a mais para que percebam as diferentes possibilidades de resolução e os caminhos pensados e construídos para chegar às respostas. 
É importante que as estratégias individuais sejam estimuladas. São elas que possibilitam aos alunos vivenciarem as situações matemáticas articulando conteúdos, estabelecendo relações de naturezas diferentes e decidindo sobre a estratégia que desenvolverão.

Como trabalhar as situações-problemas:

1. Em primeiro lugar, é preciso que as crianças interpretem a situação-problema vivenciada, compreendam o enunciado do problema seja oral ou escrito. 

2. Compreendida a situação proposta, oralmente ou no enunciado do problema, os alunos terão condição de desenvolver as estratégias de resolução mobilizando conceitos matemáticos conhecidos e então decidir COMO resolver. 

3. Construída a estratégia, o aluno realizará os cálculos, promoverá a solução, chegará à resposta. A realização dos cálculos pode ocorrer de diferentes modos. a algorítmica, oral, pictórica, com a utilização de material dourado de modo que expresse a resolução da estratégia construída. 

Seguidores